Como se proteger de vírus criptor?

SUA EMPRESA SOBREVIVE A UM VÍRUS CRIPTOR?

Os dias em que malwares eram feitos por amadores que procuravam pregar peças, definitivamente, estão no passado. Por trás dos vírus criptors de hoje está o crime organizado – que tem o lucro como objetivo e usa ferramentas sofisticadas para atingir consumidores e empresas de todos os tamanhos.

CRYPTOPTBR

O que é ransomware?

Ransomware é um tipo específico de malware que tenta extorquir um resgate em troca de desbloqueio do acesso a algo que pertence à vítima. No caso dos cripto-ransomwares – ou criptors – o que é sequestrado são arquivos e dados armazenados no dispositivo infectado.

Ele converte os dados da vítima para um formato ilegível – só podem ser decodificados utilizando uma senha. O problema é que essa senha só é liberada pelo criminoso depois que a vítima pagar o resgate exigido.

Qual o dano?

Para se livrar do ataque, os sequestradores pedem entre 300 a 500 dólares para consumidores. No caso dos negócios, em que os dados são muito mais valiosos, os cibercriminosos podem cobram acima disso. Se um de seus dispositivos for infectado, o criminoso dará entre 48 e 72 horas para efetuar o pagamento. Caso não pague dentro do prazo, o custo aumenta. Depois de um segundo prazo não obedecido, é provável que a senha seja deletada.

A partir desse ponto, é praticamente impossível recuperar seus dados.

Como proteger sua empresa

Para lidar com o risco de um ataque de um vírus criptor, as empresas têm duas escolhas:

1. Torcer para não ser atacada – mas com o aumento no número de ataques, não é uma opção viável!

2. Seguir algumas regras básicas sobre como manter os dados do negócio seguros.

Eduque seus usuários

O fator humano é a parte mais vulnerável de qualquer negócio. Ensine seus funcionários sobre os princípios básicos de TI, como riscos relacionados a phishing e e-mails suspeitos.

Faça backups regulares

Quase todos os negócios têm políticas a respeito da realização de backups. Contudo, é essencial que seus dados sejam salvos em um subsistema off-line, ao invés de copiá-los para mais um sistema conectado a sua rede corporativa… caso contrário um vírus criptor conseguirá alcançar seus backups.

Proteja seus dispositivos e sistemas

Pelo fato dos vírus criptor não atacarem apenas PCs, é preciso assegurar que seu software de segurança também proteja Macs, desktops virtuais e celulares Android. Também é importante garantir proteção para o sistema de e-mail.

Instale e mantenha um software de segurança

Assim como na prevenção de malware, seu lema deve ser ‘update antes – e update sempre’… então:

  • Faça o update das aplicações e sistemas operacionais – para eliminar falhas recém-descobertas
  • Faça o update do software de segurança e da base de dados anti-malware – para ter certeza de estar usando a proteção mais recente
  • Escolha uma solução de segurança com ferramentas que permitam:
    – Gerenciar o uso da Internet – por exemplo, de acordo com o cargo da pessoa
    – Controlar o accesso a dados corporativos – novamente, de acordo com o cargo ou departamento
    – Gerencie o uso de programas – usando tecnologias de Controle de Aplicativos que ajudem a bloquear ou permitir apps.

Garanta sua segurança

A 4Core e a 4Security fornecem a segurança em camadas que você precisa para ajudar a defender sua empresa contra ameaças, incluindo vírus criptor. Através de um conjunto de serviços e medidas de segurança podemos ajudar a evitar perdas.

Conheça nosso appliance de segurança: 4Security Appliance

Conheça nossos serviços de segurança: 4Security Services

Conheça nossos serviços de hospedagem segura para emails, maquinas virtuais e sistemas web: DevOpers Hosting

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *